as notícias e a opinião dos colunistas sobre o mercado sertanejo
Sertanejo News

Victor Chaves dá uma aula de “Como iniciar um projeto/carreira” em sua nova fase solo. Listamos os destaques aqui

Resenha do Disco 20 de novembro de 2020

Victor Chaves dá uma aula de “Como iniciar um projeto/carreira” em sua nova fase solo. Listamos os destaques aqui

Ahhhh se tivéssemos o prazer de conhecer todos os artistas de uma forma tão profissional quanto a que essa que o Victor Chaves apresentou-se para nós amantes da música popular brasileira e não só a música sertaneja, afinal sabemos que o artista irá navegar por várias linhas musicais e seria injusto descrevê-lo somente como artista sertanejo em carreira solo após o fim da dupla Victor & Léo, aonde os irmãos cada um seguiram sua própria vontade musical e saíram da linha de conforto nessa separação que acabou com uma dupla e nos presenteou com dois artistas solo.

Victor Chaves, desde 1992, formou a dupla Victor & Leo com seu irmão Léo e na trajetória da dupla, atuando mais como compositor, segunda voz e solista, estudou canto erudito e angariou diversos prêmios, como o Grammy Latino, tendo 8 álbuns indicados, passando dos bares ao estrelato nacional e internacional, ao longo de 27 anos e ainda por muitos anos foi o compositor que mais arrecadou direitos autorais em nosso país por 3 anos consecutivos. Mas sua primeira voz, já mostrava distinção em canções do projeto Victor e Léo como “Deus e eu no sertão”, “Momentos” e “Tempo de amor”.

Após a parada da dupla, em 2018, por uma escolha comum, iniciou um período de retiro e ócio criativo que resultou em seu primeiro álbum solo, chamado Projeto VC, projeto esse que iremos conhecer agora depois de um período aonde os artistas precisaram reinventar-se depois das mudanças que a pandemia causou em todo o mundo.

Produzido, arranjado e dirigido por ele, o álbum conta com 10 canções inéditas de sua autoria, e foi gravado em seu apartamento, em Belo Horizonte-MG, em dezembro de 2019, mas estava guardado na gaveta esperando a hora certa de chegar em nossas mãos. Seu estilo, difícil de definir, sai de suas raízes sertanejas, passando pelo folk, indo até o blues.

Projeto VC, mostra Victor Chaves como nunca se viu, em pegada única ao violão e sua voz docemente marcante. Um dos pontos principais de tudo isso é a comercialização do disco em vinil que foi pensado como a escolha fiel e simbólica da materialização de um conceito. Na era das plataformas digitais, a experiência física torna-se cada vez mais rara. Porém, os apaixonados pela arte, não materialmente, mas essencialmente, apreciam a experiência de ter em mãos uma obra artística.

Além da edição limitada que estará disponível apenas no mês de dezembro de 2020 aonde um formulário pode ser preenchido em seu site https://victorchaves.com/pre-venda/ e os fãs cadastrados terão um limite de 3 cópias do disco para comprarem, dando assim maior possibilidade do vinil chegar a mais fãs do cantor.

O disco chega com um mini documentário com 11 minutos de duração aonde Victor já inicia com a frase “Viver não é chegar a algum lugar, viver é escolher uma direção” aonde o recado já está mais do que claro desde o início e você pode assistir abaixo:

Após Victor Chaves se apresentar ao público com o documentário muito bem produzido e idealizado por ele próprio eis que ele batiza as próprias faixas do disco como “Série Musical” em seu site, mostrando uma a uma com áudio e vídeo clipe ao mesmo tempo, disponibilizando não só nas plataformas digitais o disco todo, mas também em seu canal do Youtube por completo, sem as chamadas tradições que os artistas em uma forma geral acabam escondendo conteúdo na sua totalidade somente para a comercialização de seus produtos.

Todas as faixas da série musical no Youtube nas descrições dos vídeos constam além de toda a letra da música também toda a ficha técnica dos profissionais envolvidos naquele projeto, que muita gente deve nem se interessar é claro, mas é como se todas as informações do disco em vinil também chegasse até os fãs na plataforma mundial de vídeos e canal oficial do artista.

Podemos ver então um artista preocupado com cada detalhe do lançamento de sua carreira com site próprio, redes sociais integradas e inclusive com dois perfis de Instagram, sendo um do artista e outro do “Projeto VC”.

Obrigado Victor, depois de um lançamento tão bacana como esse nós daqui do lado de fora além de reconhecermos todo o cuidado que você chegou até todos nós ainda estamos torcendo que nessa reciclagem profissional artistas e gerenciadores de carreira mais novos sigam esse exemplo e cuidem da nossa música com o mesmo respeito que você nos ensinou.

Iremos deixar abaixo alguns dos vídeos nos quais gostamos mais desse “Projeto VC” que virou um pouco de nós.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *