as notícias e a opinião dos colunistas sobre o mercado sertanejo
Sertanejo News

Tem como não achar “No Rancho Fundo” umas das mais lindas da história na música sertaneja?

Notícias 22 de janeiro de 2019

Tem como não achar “No Rancho Fundo” umas das mais lindas da história na música sertaneja?

Você sabia que a música “No Rancho Fundo” na verdade é uma obra que de início era batizada com outro nome? Essa é uma das curiosidades que vocês nunca se atentaram com toda a certeza do mundo.

No Rancho Fundo é um samba-canção resultado da parceria de Ary Barroso com Lamartine Babo (que música pesada hein), muito embora a melodia seja uma composição anterior do próprio Ary Barroso, que recebeu então letra de J. Carlos e que foi intitulada “Na Grota Funda”.
Impressionado com a música, Lamartine Babo escreveu novos versos e a batizou de “No Rancho Fundo”, apresentando-a com o Bando de Tangarás no dia seguinte na Rádio Educadora, sem pedir licença ao autor.

Após várias versões feitas ao longo dos anos, como as de Os Maracajás, Miltinho, Isaurinha Garcia, Eduardo Araújo, Francisco Petrônio e Dilermando Reis, a música conseguiu sua mais popular versão em 1989, quando Chitãozinho e Xororó incluiu ela em seu LP Os Meninos do Brasil, entrando na trilha sonora nacional da telenovela Tieta da Rede Globo, tornando-se canção que não faltaria no repertório dos shows ao longo dos anos.

Desde 1931 quando Elisa Coelho gravou a música pela primeira vez, a música já teve catalogadas mais de 32 versões diferentes de regravações oficiais até o ano de 2018.

Entre as versões que mais podemos destacar que nos emocionam de ouvir estão Chitãozinho e Xororó, Sérgio Reis, Roberto Carlos, Ney Matogrosso, Renato Teixeira, Fábio Jr, Paula Fernandes, César Menotti e Fabiano, Michel Teló e Emílio Santiago.

Rancho Fundo é reconhecidamente uma das músicas que mais emocionam quando ouvimos, é daquelas obras que nasceram para serem eternas, e fica cada vez mais chegarmos ao estágio de tamanha grandeza de composição na nossa música brasileira.

Fique abaixo com uma das versões mais recentes da música interpretada por Chitãozinho e Xororó com Anavitória:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *